quarta-feira, 18 de maio de 2011


Santos, Internacional e Cruzeiro são os favoritos até o momento para conquistar o Brasileirão 2011


Em 1971, começava a primeira edição do Campeonato Brasileiro, vencida pelo Atlético-MG. De lá pra cá, em exatos 40 anos, muitos outros clubes já ergueram o troféu mais importante do futebol nacional. De 1959 a 1970, dois torneios foram uma espécie de embrião para a formatação da competição: a Taça Brasil (disputada de 1959 a 1968) e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967 a 1970). Depois de longa discussão, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) reconheceu, no fim de 2010, os clubes vencedores de ambos os campeonatos como legítimos campeões brasileiros.


Deixando o passado um pouco de lado, a próxima edição do Brasileirão começa com desconfiança para a maior parte dos clubes, muito em função do pior desempenho dos times locais na Libertadores, desde 1994. Podemos dizer que apenas o Santos – atual campeão paulista e única equipe brasileira que ainda disputa a principal competição de futebol das Américas – inspira confiança entre os 20 participantes do Campeonato Brasileiro. Internacional-RS e Cruzeiro, por conta de seus bons elencos, estrutura e uma base formada há mais de 1 ano, também estão no páreo.


Num segundo escalão, que começa o campeonato almejando o título ou uma vaga na Libertadores, temos Corinthians, Coritiba, Flamengo, Fluminense, Grêmio e São Paulo. No bloco intermediário, onde se encontram as incógnitas, estão Atlético-MG, Atlético-PR, Botafogo, Ceará, Palmeiras e Vasco. E a turma que deve lutar contra o rebaixamento é composta por América-MG, Atlético-GO, Avaí, Bahia e Figueirense.


Até o momento, poucos reforços de impacto foram anunciados pelos clubes. A expectativa é que mais jogadores possam chegar a julho, devido à abertura da janela de transferências do futebol europeu. Mas estes só poderão estrear após o fechamento da mesma, no dia 30 do mesmo mês. A exceção é Luis Fabiano, que volta ao São Paulo, depois de sete anos na Europa.


Para Coritiba, Figueirense, Bahia e América-MG, o retorno à Série A ainda é motivo de festa. E, para o bem do futebol, não estamos falando de times de aluguel, como foi o caso do Grêmio Barueri. O clube paulista, que se transferiu para Presidente Prudente no ano passado – o que motivou a mudança do nome para Grêmio Prudente –, foi comprado por um grupo de empresários de sua cidade de origem, o que permitiu o regresso à região metropolitana de São Paulo, onde vai mandar seus jogos na Série B.


Falando no estado de São Paulo, esta será a segunda edição do Brasileirão na história que contará apenas com os quatro grandes: Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo. A primeira vez que isso aconteceu foi na edição de 2007. Em compensação, Minas Gerais, terá três representantes: América-MG, Atlético-MG e Cruzeiro.


Disputado do dia 21 de maio a 4 de dezembro, o Brasileirão terá 38 rodadas (turno e returno) para definir o campeão, as equipes que vão disputar a Taça Libertadores e a Copa Sul-Americana do ano seguinte, além da definição dos quatro rebaixados à segunda divisão.


Para evitar supostas “entregas de jogos”, como aconteceu em 2009 e 2010 – quando Flamengo e Fluminense teriam sido beneficiados por equipes que jogaram as últimas rodadas com os reservas para não favorecer os rivais –, a CBF definiu que o campeonato será encerrado com clássicos em todos os estados envolvidos. A medida visa afastar qualquer suspeita de atitude antidesportiva.


Confira a primeira rodada do Brasileirão 2011:


Sábado - 21/05

18h30 - Flamengo x Avaí

18h30 - Ceará x Vasco

18h30 - Atlético-MG x Atlético-PR

21h - Santos x Internacional

Domingo – 22/05

16h - Palmeiras x Botafogo

16h - Grêmio x Corinthians

16h - Coritiba x Atlético-GO

16h - Figueirense x Cruzeiro

18h30 - Fluminense x São Paulo

18h30 - América-MG x Bahia

Sobre essa postagem:

0 comentários:

Postar um comentário

Seja também um Seguidor! Faça Parte!

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube