domingo, 25 de julho de 2010

Higiene Masculina

Posted by Força Jovem Maranguape On 13:10 No comments

Pele masculina também requer cuidados

Para mantê-la sempre higienizada e saudável, os homens devem se cuidar ao barbear e usar produtos corretamente




Muito recentemente, a sociedade passou a incentivar o homem a cuidar mais da pele e do corpo. Assim como a da mulher, a pele do homem também exige cuidados e apresenta tipos diferentes. Em razão de fatores hormonais e da quantidade de pelos presentes no contorno do rosto e ao redor da boca, em geral a pele do homem é mais espessa do que a feminina. Mas pode igualmente ser oleosa, mista, seca ou normal.

Alguns homens necessitam também fazer a barba todos os dias, o que pode causar agressão à cútis, principalmente irritações e pelos encravados, além de outro problema comum, que é o surgimento de acne. Por isso a necessidade de se conhecer e cuidar corretamente do seu tipo de pele. Para mantê-la com aparência saudável, é necessária uma limpeza diária, para remoção de células mortas, gordura e impurezas.

“A pele quase não sentirá agressão se for cuidada de maneira correta, como fazer a barba com espumas ou produtos que hidratam e cuidam dela. Dessa maneira, é possível evitar que impurezas se depositem e causem infecções. Também é recomendável evitar produtos com álcool, que ressecam a pele e a tornam mais sensível”, diz Joyce Rodrigues, farmacêutica bioquímica, cosmetóloga e vice-presidente da empresa Biomarine e Cosmobeauty.

Pele oleosa

O excesso de brilho, o toque untuoso e, por vezes, a ocorrência de acnes denunciam as peles oleosas. É necessário usar produtos que regulem e diminuam a oleosidade, como um hidratante e cosmético de limpeza facial em gel. Outra dica é fazer uso de um sabonete líquido com pH ideal para peles oleosas, que deve ser usado duas vezes ao dia. Esses produtos contam também com propriedades antissépticas e antibacterianas, auxiliando no controle da oleosidade. Os esfoliantes e secativos também devem ser usados, pois ajudam a limpar os poros, atuando na prevenção e diminuição da acne.

Pele seca

Apresenta-se desvitalizada, por sua dificuldade em manter-se hidratada. Esse é o tipo de pele que apresenta maior tendência ao envelhecimento precoce. Para sua limpeza, utilize um sabonete líquido de pH neutro, que mantenha o equilíbrio natural da pele e aumente a hidratação. Uma emulsão hidratante formará uma película protetora em caso de inflamação, diminuindo o processo e repondo os lipídeos essenciais da cútis.

Pele normal

Para a mais equilibrada de todos os tipos, use sabonetes neutros e hidratantes em loção ou creme, que manterão o equilíbrio natural. Sem esses cuidados, as características naturais podem mudar. Cremes especiais, que promovem um lifting natural, também podem ser usados. Eles agem profundamente na pele, de dentro para fora, colaborando para a reestruturação e protegendo-a dos radicais livres.

Pele mista

Habitualmente, a pele mista apresenta oleosidade na chamada zona T (testa, nariz e queixo) e características de pele normal ou seca em outras regiões. Na limpeza, o melhor é usar sabonetes específicos para peles oleosas, que auxiliam na diminuição da oleosidade. Para hidratá-la, o ideal é um gel-creme ou produtos oil-free – livres de óleos – com toque de silicone, e até mesmo um creme com ação antiinflamatória, quando necessário.

Pele com acne

A pele com acne, principalmente se barbeada diariamente, deve ser cuidada com uma loção antisséptica duas vezes ao dia. Como tratamento complementar, deve-se usar uma vez por semana um sabonete gel líquido com Ácido Glicólico, que promove limpeza profunda dos poros e a intensa renovação celular. À noite, o ideal é aplicar uma loção esfoliante e secativa, que ajuda a limpar os poros e promove ação bactericida.

O barbear

O barbear retira a proteção natural da pele, que são os pelos, e quando feita constantemente a torna ressecada, bastante frágil e suscetível a pelos encravados ou irritações. Por isso, é preciso barbear-se com muita higiene e cuidado. O segredo é a preparação da pele, com esfoliação e emoliência, para deixar o pelo flexível e prevenir problemas como vermelhidão, sensibilidade e irritações.

O melhor momento para remoção da barba é após o banho, pois o vapor dilata os poros e torna os pelos mais flexíveis, facilitando o barbear. As lâminas utilizadas devem sempre ser novas e de uso pessoal, para evitar ferimentos e contaminação. A movimentação da lâmina também faz diferença, acompanhar o sentido em que os pelos crescem, evita que eles encravem. Ao terminar de barbear, não se deve esfregar a toalha no rosto, e sempre que tiver a oportunidade, dê um descanso para a pele e fique alguns dias sem fazer a barba.
Sobre essa postagem:

0 comentários:

Postar um comentário

Seja também um Seguidor! Faça Parte!

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube