sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Filme conta a história da vida de Chris Gardner, um homem que, apesar de viver na miséria, superou as adversidades para ir atrás de seu sonho


O filme, baseado em uma admirável história real, estimula qualquer pessoa a correr atrás dos sonhos e acreditar que tudo é possível — porque, na realidade, é.


Will Smith, em uma de suas melhores atuações, interpreta o protagonista Chris Gardner, um chefe de família para o qual tudo dá errado. Ele se vê falido após investir toda sua economia em aparelhos de raios-X, com o intuito de revendê-los em consultórios médicos, sem nenhum sucesso.


Sua esposa, Linda, cansada de passar maus momentos ao lado de seu fracassado marido, abandona a família e se muda sozinha para Nova Iorque. Não obstante todas as dificuldades na vida de Chris, ele se torna pai solteiro do adorável Christopher, personagem vivido por Jaden Smith, filho do ator na vida real, e que no filme mostrou ser tão talentoso quanto o pai.


Por obra do destino, Chris conhece um homem estacionando sua atrativa Ferrari na rua. É aí que os dois mundos se cruzam. Chris descobre que o sujeito é corretor da bolsa de valores. Nesse momento, ele traça um objetivo para a sua vida, reunindo coragem, determinação e esforço, em uma batalha repleta de adversidades e contratempos.


O cenário parece melhorar para Chris quando ele consegue um estágio em uma corretora da bolsa de valores. O problema é que a vaga não oferecia remuneração. Mesmo com a miséria que possuía, ele resolve agarrar a oportunidade, sabendo que a chance de contratação ao final do estágio era mínima, já que ele concorria com outras 19 pessoas, todas em uma situação infinitamente melhor que a dele.


Despejados por não pagarem o aluguel, Chris e seu filho passam a dormir em banheiros imundos de estações de metrô e albergues, agravando a já ordinária condição. Para conseguir uma vaga no albergue, ele precisava sair mais cedo do trabalho, o que dissipava ainda mais sua chance frente aos concorrentes.


“À Procura da Felicidade” é um daqueles filmes que em diversas cenas o telespectador levanta-se do sofá, ansioso, para torcer pelo sucesso do personagem, mais do que merecido. E faz todo mundo acreditar que a felicidade vem da força de vontade, oculta em cada pessoa. Encerro a dica do filme de hoje com uma frase do Chris: se você tem um sonho, corra atrás, ponto.

Assista ao trailer:



Sobre essa postagem:

0 comentários:

Postar um comentário

Seja também um Seguidor! Faça Parte!

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube